Curada pela fé…

Hoje vou partilhar uma noticia que vi no Jornal da Globo e que realmente me impactou! Nessa noticia são relatados vários casos de pessoas que venceram doenças graves através de um único sentimento: a FÉ! Isso mesmo que você leu, pessoas que restabeleceram sua saúde através da esperança e fé no poder de Jesus Cristo.

Para tornar o conteúdo mais apelativo ao leitor, abaixo vou partilhar apenas uma dessas histórias, e depois se você tiver curiosidade passa lá pelo artigo da Globo…. pode ser assim? Vamos lá então!

Isadora venceu cancer

A menina que aparece ao meio dessa fotografia chama-se Isadora Beatriz Costa. Quando tinha 5 anos de idade, entrou no Hospital Pequeno Príncipe (Curitiba) sem conseguir movimentar o pescoço devido a um tumor maligno de origem desconhecida.

Após várias horas de cirurgia e 3 dias na unidade de Terapia Intensiva, Isadora recuperou completamente do câncer e hoje apenas carrega uma pequena cicatriz na parte de trás do pescoço. Sua família acredita piamente que foi a fé que curou a menina.

“Eu senti que o médico saiu meio anestesiado da cirurgia” comentou Luiz Henrique Costa, pai de Isadora. O cirurgião disse que não compreendia o ocorrido, mas a verdade é que o tumor tinha secado completamente! Foi feita uma nova biópsia que confirmou tudo, o câncer que anteriormente consumia grande para da vértebra, já NÃO estava lá! Nota: O tratamento “normal” nestas situações exige quimioterapia e outros procedimentos complicados.

Para os pais de Isadora Costa não restam duvidas, sua filha foi curada porque antes de ser internada, eles a levaram a um hospital espírita, onde vários crentes passaram várias horas rezando sobre a condição da menina.

“Enquanto eu rezava o salmo mais importante da Bíblia, Isadora passou por mim e entrou na sala cirúrgica. Quando eu olhei, vi luzes que a acompanhavam”, contou Nêemias, momento em que teve consciência que sua filha não estaria só.

Hoje, apesar de não se lembrar da doença e das dores que sentiu, Isadora tem não tem dúvidas: “Acredito muito que a fé fez toda a diferença”, afirmou.