Curada pela fé…

Hoje vou partilhar uma noticia que vi no Jornal da Globo e que realmente me impactou! Nessa noticia são relatados vários casos de pessoas que venceram doenças graves através de um único sentimento: a FÉ! Isso mesmo que você leu, pessoas que restabeleceram sua saúde através da esperança e fé no poder de Jesus Cristo.

Para tornar o conteúdo mais apelativo ao leitor, abaixo vou partilhar apenas uma dessas histórias, e depois se você tiver curiosidade passa lá pelo artigo da Globo…. pode ser assim? Vamos lá então!

Isadora venceu cancer

A menina que aparece ao meio dessa fotografia chama-se Isadora Beatriz Costa. Quando tinha 5 anos de idade, entrou no Hospital Pequeno Príncipe (Curitiba) sem conseguir movimentar o pescoço devido a um tumor maligno de origem desconhecida.

Após várias horas de cirurgia e 3 dias na unidade de Terapia Intensiva, Isadora recuperou completamente do câncer e hoje apenas carrega uma pequena cicatriz na parte de trás do pescoço. Sua família acredita piamente que foi a fé que curou a menina.

“Eu senti que o médico saiu meio anestesiado da cirurgia” comentou Luiz Henrique Costa, pai de Isadora. O cirurgião disse que não compreendia o ocorrido, mas a verdade é que o tumor tinha secado completamente! Foi feita uma nova biópsia que confirmou tudo, o câncer que anteriormente consumia grande para da vértebra, já NÃO estava lá! Nota: O tratamento “normal” nestas situações exige quimioterapia e outros procedimentos complicados.

Para os pais de Isadora Costa não restam duvidas, sua filha foi curada porque antes de ser internada, eles a levaram a um hospital espírita, onde vários crentes passaram várias horas rezando sobre a condição da menina.

“Enquanto eu rezava o salmo mais importante da Bíblia, Isadora passou por mim e entrou na sala cirúrgica. Quando eu olhei, vi luzes que a acompanhavam”, contou Nêemias, momento em que teve consciência que sua filha não estaria só.

Hoje, apesar de não se lembrar da doença e das dores que sentiu, Isadora tem não tem dúvidas: “Acredito muito que a fé fez toda a diferença”, afirmou.

 

Os grandes mitos sobre o emagrecimento

mitos sobre o emagrecimentoExistem dias em que nos olhamos ao espelho e faríamos tudo o que fosse possível para perder uns quilinhos. Existem milhares de dicas e receitas para emagrecer, mas cuidado, não acredite em tudo o que vê!

Muitas dessas dicas, embora as tenhamos ouvido uma e outra vez, estão completamente erradas. Hoje eu revelo 5 conselhos muito populares que você não devia estar seguindo:

“Se quer emagrecer evite gorduras a todo o custo”
Bem, tudo depende do tipo de gordura que você vai consumir. Nutricionistas asseguram que a gordura de batatas fritas, bolos e alimentos fritos pode naturalmente aumentar o peso, bem como aumentar o colesterol e o risco de sofrer de algum tipo de doença. Mas as gorduras boas como nozes, abacate e salmão, protegem o coração e ajudam no funcionamento geral do seu organismo. Além disso, seguindo uma dieta saudável e equilibrada, essas gorduras podem ajudá-lo no processo de emagrecimento.

“Não coma entre refeições”
Comer em pouca quantidade e com mais frequência é uma boa maneira de controlar a fome e fazer uma melhor seleção de alimentos. Lanches saudáveis ​​como; nozes, frutas e iogurtes também vão ajudar a manter os seus níveis de energia durante o dia.

“Conte todas as calorias que ingere”
Nem todas as calorias são iguais. O tipo de calorias, o momento em que são ingeridas e a qualidade das calorias, pode alterar o efeito que estas têm no seu corpo.

“Não coma carboidratos”
Embora seja verdade que comer muitos hidratos de carbono, como pão branco ou arroz pode contribuir para aumentar o peso, não há nenhuma pesquisa que prove que os “bons carboidratos”, tais como grãos, frutas ou legumes, possam engordar ou afetar sua saúde. Pelo contrário, vários artigos médicos afirmam que um regime à base de verduras, como é o caso da dieta detox está associado a uma maior saúde e bem estar.

“Faça exercício com o estômago vazio”
Fazer exercício com o estômago vazio ou estômago cheio não afeta a quantidade de calorias que você queima durante um treino. O que é verdade, é que se você não comer antes do treino, vai perder peso, mas de massa muscular! Da mesma forma, tomar bebidas energéticas é mais prejudicial do que benéfico, pois contém muitas substâncias químicas que podem fazer mal à sua saúde. Portanto, antes de fazer exercício é melhor comer uma peça de fruta, como banana, pêssego ou manga.

Espero que esta lista o tenha despertado para realidade! Agora você já sabe os principais erros que se falam na Internet sobre o combate ao excesso de peso e como se defender disso.

Você conhece alguma outra dica falsa? Se sim, deixe um comentário abaixo.

Rachel Frederickson fala sobre a controvérsia do ‘The Biggest Loser’

Acho que todos vocês conhecem o “The biggest loser“, em Portugal é conhecido como o “Peso Pesado” e trata-se de um programa televisivo onde basicamente os concorrentes entram gordos e saem magros (pelo menos essa é a ideia de quem se inscreve). Uns conseguem histórias de superação incríveis, outros vêm para casa com uma forte desilusão por não terem conseguido perder o peso que desejariam.

Introduções à parte hoje vou falar da Rachel Frederickson que é uma lenda do programa original do “The Biggest Loser” nos EUA.

Ela ganhou a temporada 15 do show mas seu novo visual foi recebido com mais críticas do que elogios propriamente.

Rachel Frederickson weight lossDepois de perder 70kg, a cantora de 24 anos recebeu algumas reações dos fãs que diziam que ela não parecia saudável.

Será que os concorrentes do ‘The Biggest Loser’ estão a perder peso a mais? Será que estão emagrecendo da forma correta, ou estão colocando em risco sua saúde?

Frederickson explica que ela se mudou para a Alemanha enquanto era muito jovem e logo se apaixonou por um colega de sua escola. Essa relação acabou por destruir sua autoestima, diz ela:  “Não demorou muito para que a voz do rapaz que eu amava diminuísse minha confiança e amor próprio.

Sua voz me dizia que eu não era suficiente e eu acreditei. Comecei a ouvir cada vez mais aquela voz e fui esquecendo a minha! No final acabei por perder a pessoa que eu tanto amei.”

Quando entrei no programa eu já havia aprendido essa lição: “eu sabia que minha voz tinha de ser mais forte do que todos os outros.”

“Desde o início, ninguém acreditava que eu iria conseguir chegar aos 3 finalistas e muito menos que eu poderia vencer, mas eu estava lá para conseguir a minha vida de volta!

10 meses após o show Rachel Frederickson parece bastante saudável.

Alguns consideram a transformação de 117kg para 47kg demasiado dramática e Frederickson sentiu a pressão da desaprovação: “Os comentários controversos em relação à minha perda de peso foram muito dolorosos. Minha autoestima, mais uma vez foi afetada por vozes de outras pessoas. Desta vez por um “rapaz” que vive em posts de Facebook ou em páginas de revista.”

Frederickson revelou que ganhou 9kg após o final do programa e disse que agora é feliz, saudável e está em paz.

“Eu encontrei a força nesta luta”, disse ela.